Um problema chamado: Carga Pesada!

Postado em: Condução Econômica Dicas Não categorizado Segurança

UM PROBLEMA CHAMADO CARGA PESADA

Quando nos esforçamos levantando algo muito pesado, ou quando abusamos dos pesos na academia, no dia seguinte sofremos com dores musculares correto? Afinal nem sempre estamos preparados, e acabamos excedendo nossos limites.
Da mesma forma acontece com os caminhões, todo veículo foi projetado para transportar um limite de carga. Caminhões sobrecarregados contribuem para o aumento do número de buracos e do desgaste do asfalto, proporcionando prejuízos à pavimentação, além de riscos de acidentes tanto para caminhoneiros quanto para outros motoristas.

Quando este limite de carga é excedido, ocorre desgaste nas peças, o motor fará mais força do que planejado, consumindo mais combustível e despejando mais poluentes no ar. Os pneus também sofrem no processo, diminuindo a vida útil. Por sua vez, a segurança dos motoristas também é afetada, ao descer a serra, ou frear com rapidez, o cavalo pode não ter força o suficiente para segurar uma carga além da estabelecida, ocasionando instabilidade e até mesmo provocando um acidente.

Só nas balanças da ANTT, no ano passado foram autuados 76.282 veículos. O excesso de peso é considerado uma infração média, com multa inicial de R$85,12 que aumenta a cada 200 quilos ou fração de excesso de peso apurados.

Para que não haja problemas com a lei, muito menos com seu veículo, existem 2 cuidados básicos a serem tomados:
• Acomodar a carga de forma correta na carreta, distribuindo o peso ao longo do eixo;
• Fazer a medição da tara do caminhão em ordem de marcha antes de liberar o veículo para carregamento, ou seja, colocar o veículo na balança com o tanque de combustível cheio e o motorista na cabine.

Caminhoneiros, protejam vidas. Dirijam com muita atenção e cautela!