5 formas de vencer as assombrações da gestão de frotas

Postado em: Não categorizado

Identificação do motorista

Espanta os condutores fantasmas

Ter a identificação dos motoristas é fundamental para sua gestão de frotas, espante todos os condutores fantasmas utilizando armas como a identificação por, cartão RFID e Ibutton.

Tecnologias que identificam o motorista que está na direção do veículo, e alertam caso essa ação não ocorra, fazem toda a diferença na gestão de seus condutores. Sem elas, você não saberá quais são os motoristas que mais oneram a frota: gastando mais combustível, danificando veículos, causando acidentes, entre outros comportamentos indevidos. 

Não deixe os fantasmas fazerem a festa, prejudicando os resultados da operação. Utilize as armas corretas!

Manutenção preventiva 

Não te deixa depender do sexto sentido

Na gestão de frotas não existe sexto sentido! Não dependa dele para planejar as manutenções de sua frota.

As manutenções periódicas são muito importantes, principalmente a preventiva que é baseada em um planejamento que antecede o surgimento de falhas, permitindo a identificação precoce de eventuais problemas com os veículos. 

Quando adotada, a manutenção preventiva aumenta a eficiência da frota, porque a programação dos reparos, recondicionamentos, ajustes e trocas de peças seguem um cronograma já determinado, sem surpresas e sem custos extras.

Sabia que a forma com que o motorista conduz, também influencia diretamente nos desgastes dos veículos? Por exemplo: aquele condutor que deixa o veículo constantemente parado com o motor ligado, está desgastando e reduzindo a vida útil dele. 

Para identificar esses maus comportamentos que geram manutenções excessivas, destacamos uma grande aliada: a telemetria. Ela consegue mostrar facilmente quem são os piores motoristas, e seu trabalho se torna muito mais assertivo.

Monitorar o comportamento dos motoristas

Não dá vez para bruxa solta

Sem essa de feitiços! Jogue a bruxa para longe e controle você o comportamento de seus condutores.

Dispender atenção à sua equipe de motoristas e checar se as atividades desempenhadas por eles estão de acordo com os padrões de segurança e eficiência da empresa são tarefas importantíssimas para que condutas irregulares ou atitudes inadequadas no volante não gerem prejuízos para a empresa.

Quando falamos em monitoramento dos motoristas, o principal objetivo não é realizar o rastreamento do veículo, e sim analisar o comportamento do condutor durante a direção. Identificando os fatores que possam impactar a segurança e eficiência da operação. 

Entre esses fatores, busca-se detectar eventos de: excesso de velocidade, frenagem, aceleração e curvas bruscas, fadiga, uso de celular, distração, rpm excessivo, motor ocioso, conversão sem sinalização, distância perigosa, entre outras infrações. 

Para identificá-los, aposte em soluções como a telemetria, videomonitoramento e sensor de fadiga. Uma vez identificados tais eventos, pode-se combatê-los realizando o treinamento adequado dos motoristas. 

Algumas vantagens de se monitorar a comportamento dos motoristas são: 

  • Redução do consumo de combustível;
  • Redução dos índices de acidentes;
  • Redução dos custos de manutenção;
  • Aumento da produtividade.

Controle dos gastos com combustível

A hora do pesadelo nunca chega

Quando você trabalha no escuro, a hora do pesadelo chega rapidinho! Tenha o controle dos gastos com combustível e não seja pego de surpresa.

Se você não monitora os indicadores e ranking de condução dos seus motoristas, certamente poderá ser surpreendido e descobrir que gastou mais do que devia. Conheça algumas dicas para instruir seus condutores:

  • Cuidado com os excessos de velocidade! Eles impactam na economia e segurança da operação. Trazem graves desgastes ao motor e aumentam o consumo. Você sabia que:
    • Acima de 90 km/h o consumo de combustível aumenta de modo significativo, a 110 km/h, o carro consome 25% mais combustível do que a 90 km/h.
  • Trocar marchas corretamente pode parecer um comportamento básico, mas faz diferença quando o assunto é economia. Trabalhar adequadamente com as rotações do motor pode evitar um consumo excessivo, além de preservar outros recursos do veículo.
  • Evitar dirigir “na banguela” – ao utilizar a inércia dos veículos para se locomover sem utilizar aceleração mecânica, diferente do que parece, o veículo não está em modo de economia. Muito pelo contrário. Ele continua consumindo combustível para continuar funcionando em marcha neutra.

Controle corretamente os indicadores de condução econômica e você não será surpreendido. Acabe com os pesadelos e durma tranquilo!

Alerta em tempo real

O chamado nunca vira acidente

Não espere 7 dias para agir sobre comportamentos indevidos dos motoristas! Em desvios graves a atuação deve ser imediata.

Quando falamos de segurança, ter tecnologias que alertem os motoristas e central de monitoramento em tempo real sobre comportamentos de risco são fundamentais. Além de gerar uma progressiva conscientização dos condutores sempre que esses são alertados.

Um evento de fadiga por exemplo, deve ser tratado rapidamente, pois dirigir com sono é gravíssimo. Pesquisadores afirmam que dormir na direção é a terceira maior causa de mortes de trânsito no país, sendo responsável por 50% dos acidentes nas rodovias.

Ter tecnologias que tragam alertas da fadiga e outros comportamentos de riscos em tempo real são extremamente necessários. Pois dão o tempo correto para prevenir acidentes de trânsito e agir assertivamente na segurança e economia da frota. 

Conheça algumas ferramentas imprescindíveis aqui:

E temos uma dica extra para potencializar as armas contra as assombrações 🙂

O quadro de ocorrências não deixa você errar a mira nunca!

Se você trabalha com softwares de gestão de frotas, informação é o que não falta não é mesmo? Mas mensurar todas elas e traçar planos de ação com a grande quantidade de dados e relatórios pode ser um tanto demorado….

Destacamos então, que saber priorizar onde e em que atuar, é primordial para uma gestão de frotas eficaz. Ter um sistema de telemetria que trabalhe com quadro de ocorrências pode deixar sua operação muito mais assertiva, pois a própria tecnologia – de acordo com os parâmetros que você define – te mostra facilmente os eventos que devem ser tratados com prioridade.

O sistema mostrará de forma bem visual uma série de eventos cometidas por um mesmo condutor como ocorrências que devem ter tratativas priorizadas em um painel de workflow, podendo redirecioná-las aos devidos responsáveis, possibilitando também, um acompanhamento fácil da resolução das mesmas. 

Quer saber mais sobre essa funcionalidade do Quadro de Ocorrências e outras soluções? Preencha o formulário e nossos especialistas em mistérios te contarão como espantar todas as assombrações da sua frota.