Itens essenciais que aumentam a segurança dos veículos

Itens essenciais que aumentam a segurança dos veículos

Postado em: Dicas Segurança

Hoje é comum vermos especialistas alertarem para a importância dos itens de segurança dos veículos. A legislação também começou a mudar para tornar algumas destas peças obrigatórias, uma vez que reconhecidamente agem visando preservar a integridade física do condutor e demais ocupantes do veículo. Alguns equipamentos e peças podem elevar o nível de segurança de seus motoristas.

Confira a seguir alguns itens essenciais que podem aumentar a segurança de sua frota:

FREIOS ABS

O sistema anti-travamento das rodas (Anti-lock Breaking System – ABS), é um dos equipamentos de segurança mais importantes de um veículo. A partir de dados coletados por sensores nas rodas, ele determina quando elas estão prestes a travar e, imediatamente, alivia a pressão das pinças do freio. Dessa forma, o carro consegue parar em uma distância menor e permite ao motorista manter o controle da trajetória durante a frenagem.

FREIOS A DISCO NAS QUATRO RODAS

Alguns veículos possuem freios a disco nas rodas dianteiras e a tambor na traseira. O ideal é usar discos em todas as rodas, pois o sistema é mais eficiente nas frenagens em relação ao desempenho dos tambores. O freio a disco dissipa melhor o calor, pois o equipamento está exposto ao ar, e isso diminui as chances do equipamento fadigar por superaquecimento.

FREIO AUTOMÁTICO

Já existem carros que freiam sozinhos, caso o motorista esteja distraído ou não veja algo surgir subitamente na frente do veículo.
Esses sistemas utilizam câmeras de infravermelho e ondas de radar. O recurso detecta por exemplo os pedestres que passam na frente do carro e alertam o motorista. Se o condutor não reagir a tempo, automaticamente o veículo freia.

AIRBAGS

São bolsas que inflam rapidamente em caso de acidentes, protegendo cabeça e tórax dos passageiros contra impactos em partes do veículo e entre os próprios ocupantes. O sensor identifica quando a velocidade varia pelo menos 20 quilômetros por hora em um curto espaço de tempo – como em uma colisão.

CINTOS DE SEGURANÇA COM PRÉ-TENSIONADOR

O objetivo do pré-tensionador é aumentar a eficiência do cinto de segurança diminuindo a folga entre o usuário e o cinto no momento da colisão O pré-tensionador desloca o cinto em direção aos ocupantes antes mesmo que eles se desloquem para a frente, aumentando, assim, a eficiência de todo o sistema.

CONTROLE ELETRÔNICO DE ESTABILIDADE

O controle eletrônico de estabilidade (ESP) atua como um mecanismo a mais para garantir a segurança do condutor. Ele age de forma invisível de modo a estabilizar o veículo em momentos de risco, recolocando-o em sua trajetória original.

SENSOR DE PONTO CEGO

Os pontos cegos dos retrovisores dos motoristas são uma situação que exige atenção redobrada, especialmente nas manobras de ultrapassagem. Para evitar acidentes dessa forma, foi criado um sistema que detecta quando algum veículo se “esconde” em pontos cegos da carroceria, como as colunas laterais, e avisa o motorista por meio de sinais luminosos nos retrovisores ou alerta sonoros.

ENCOSTO DE CABEÇA

É uma peça fundamental para evitar lesões na coluna cervical pelo “efeito chicote” em casos de batida na traseira. Já existem também encostos “ativos”, que se deslocam ao encontro da cabeça do ocupante em casos de colisões traseiras, diminuindo ainda mais o risco de lesões.

BARRAS LATERAIS

Tais barras são estruturas metálicas que utilizam aços de alta resistência em sua composição, um material bem mais rígido do que o restante da carroceria. Montadas no interior das portas dos automóveis, na altura dos ocupantes, elas têm a função de proteger passageiros e motorista do veículo em colisões laterais.

Não deixem de investir em equipamentos que ampliem a segurança de sua frota. Quer saber mais sobre a prevenção de acidentes de sua frota? Leia nosso artigo sobre a psicologia do trânsito na redução de acidentes.