Gestão de frotas: 4 itens essenciais para começar o ano

Postado em: Condução Econômica Dicas Gestão Logística Não categorizado

Gestão de Frotas

Com uma boa gerenciamento de frotas é possível diminuir riscos, evitar gastos desnecessários na manutenção de seus veículos, além de contribuir para aumentar a produtividade e a eficiência de suas operações logísticas. O trabalho do gestor de frota é realizar um controle da operação durante todo o ano. Porém, como estamos no início de um novo ano, vamos mostrar quatro itens essenciais na gestão de frotas para que sua empresa comece bem 2016.

Vamos lá!
1. Combustível

Esse é um fator fundamental, já que tem influência direta nas despesas e no desempenho das operações. Você sabe quanto gastou em combustível no ano passado? Bom, se tivesse realizado a Gestão de Frota, com certeza saberia. Nunca é tarde para começar, e o início do ano é uma época muito favorável para visualizar como serão seus gastos com abastecimento nos próximos meses.
Você consegue realizar o controle do combustível das seguintes maneiras:

  • Identificando rotas mais econômicas;
  • Fazendo uma estimativa de consumo de combustível em cada veículo;
  • Comparando os gastos em cada tipo de veículo e rota;
  • Monitorando o perfil de condução dos motoristas.

E com todas essas informações, é possível fazer um planejamento de ações para diminuir os custos com combustíveis.

2. Manutenção
Muitos gestores vão concordar se dissermos que a manutenção dos veículos é um dos pontos mais críticos nos gastos da empresa. Entretanto, isso não precisa ser assim. O controle de manutenção da frota é essencial para diminuir consideravelmente os custos. Com ela, você pode começar o ano “no controle”.
Com algumas soluções como telemetria, indicadores de desempenho e análise de dirigibilidade, você consegue ter informações precisas, como por exemplo sobre ociosidade do motor e condução em faixa de RPM elevado, até mesmo identificar frenagens e acelerações bruscas.
Realizando o monitoramento dessas funcionalidades na gestão de sua frota, você evita surpresas desagradáveis como reparos no meio das viagens que vão influenciar em seu bolso e na qualidade de suas entregas.

3. Pneus
A intenção é que os pneus de seus veículos rodem muito esse ano, certo?
Mas para isso, eles precisam de cuidados especiais. A conservação e a manutenção dos pneus também podem ser realizadas por meio de uma gestão de frotas eficiente. Pneus mal cuidados irão diminuir o desempenho de seus veículos, gastando mais combustível e aumentando o risco de acidentes.
Com esse controle, é possível:

  • Acompanhar a vida útil dos pneus;
  • Prever o momento ideal para a troca de pneus, evitando atrasos por manutenção em trânsito;
  • Monitorar e prever os gastos com a manutenção dos pneus.

4. Rotas
E por último, mas não menos importante: Implantar uma rota para entregas na sua gestão de frotas. A roteirização de entregas tem um papel importante e fundamental, permite um melhor aproveitamento dos meios de transportes. Com a utilização de softwares, além de mais eficácia em seu processo de entregas você tem benefícios visíveis como:

  • Redução do gasto com combustível;
  • Menor prazo médio de entrega;
  • Maior rapidez no sequenciamento de entregas;
  • Máximo aproveitamento da capacidade de cada veículo;
  • Maior flexibilidade para repriorizações.

Esses são apenas alguns dos itens que irão contribuir para um ano mais produtivo em suas operações. Esses controles possibilitam que sua empresa não apenas acompanhe os gastos e o desempenho de seus veículos, como também faça um planejamento de ações para trabalhar as questões mais críticas.

Comece o ano bem, controlando os gastos com sua frota e traçando ações que irão melhorar o tempo e a qualidade de suas entregas.


FONTE: www.sofit4.com.br e www.veltec.com.br

[huge_it_forms id=”8″]