Cuidados que todo gestor de frotas deve ter no Carnaval

Postado em: Não categorizado

Com o carnaval chegando, sabemos que o trânsito nessa época não será o mesmo, assim como o comportamento das pessoas. Quem trabalha com gestão de frotas, sabe que é uma época crítica, em que o movimento de veículos aumenta consideravelmente. 

Então alguns cuidados se fazem necessários para que a operação se mantenha segura e econômica. Neste artigo abordaremos três pontos principais em que você deve se atentar para o planejamento e cuidado da frota. Confira: 

Manutenção e revisão de veículos

Com o grande movimento na estrada como mencionado acima, é fundamental estar em dia com a manutenção dos veículos. Sabemos que o risco de acidente é bem maior caso ocorra alguma falha mecânica, por terem muitos veículos rodando juntos no carnaval. 

Nesse período, mesmo os veículos com manutenção em dia, podem se desgastar mais em pouco tempo. Com um trânsito intenso, os veículos acaba trabalhando demais. Seja por terem de manobrar bastante, ou por ficar mais tempo parado no congestionamento, o que acaba forçando o motor.

Oriente seus motoristas a ficarem atentos aos sinais que o veículo envia – barulhos fora do comum, dificuldade para executar uma função ou mesmo cheiros e fumaças muito diferentes dos normais devem ser verificados o quanto antes.

Lembre-se que essa é uma época em que muitos mecânicos não estarão trabalhando, dificultando o conserto da frota em caso de uma manutenção urgente. Antes de qualquer viagem é preciso revisar todos os itens dos veículos.

Indicamos para o bom desempenho da frota, bem como para a segurança – conferir todo o sistema de iluminação, de freios, suspensão e pneus, além de checar se os fluidos estão nos níveis recomendáveis.

Trabalhe com a antecedência e precaução – faça tudo o que puder para prevenir e evitar que os veículos de sua frota tenham qualquer falha na estrada.

Planeje muito bem as rotas

O carnaval normalmente gera trânsito intenso, congestionamento e quando isso se une às estradas em más condições – causam grandes atrasos nas operações. Dessa forma, planejar bem a rota, assim como definir adequadamente os prazos que deverão ser cumpridos, são fatores essenciais para a eficiência e segurança das operações.

O planejamento das rotas é muito importante para a segurança quando pensamos principalmente no comportamento dos motoristas. Pois é comum aos condutores, que ao enfrentar congestionamentos, na busca por cumprir os prazos estabelecidos, se arriscam e acabam andando em alta velocidade, e também tentam rotas alternativas – muitas vezes desconhecidas e com maiores riscos de assaltos e acidentes.

Alguns processos de gestão de frotas proporcionam ao gestor um histórico de atividades nas rotas utilizadas, permitindo saber quais são os dias e horários mais movimentados em cada uma delas, aquelas que são mais eficientes, os pontos o motorista deve evitar e quais estradas estão em melhores condições. 

Há ainda sistemas que disponibilizam um mapa de calor, em que você consegue ver facilmente quais regiões no mapa são as mais críticas, ou seja, aquelas que mais concentram comportamentos de risco dos motoristas como: excesso de velocidade, fadiga, uso de celular, entre outros. 

Com todas essas informações compiladas, a definição da rotas e prazos se torna muito mais estratégica e assertiva, selecionando melhores caminhos, o que acarreta na boa performance dos motoristas e principalmente na segurança da operação.

Cuidados com os motoristas

Nessa época de carnaval que se aproxima, é muito importante conscientizar os motoristas do papel importante que possuem para manutenção da segurança nas estradas. Eles precisam estar bem informados e treinados quanto aos cuidados que devem tomar durante esse período de maior movimentação. Separamos quatro pontos principais que devem ser abordados com eles:

keep on movingPowered by Rock Convert

Sono na direção

Dormir na direção é a terceira maior causa de mortes de trânsito no país – esse dado já mostra o quanto esse comportamento de risco é perigoso. Nessa época de festas é muito comum os condutores não dormirem o suficiente, mas sabia que se uma pessoa passar o dia todo acordado e dirigir de 20h a 25h, as chances de um acidente aumenta em 60 vezes? Conscientize seus condutores desse grande perigo.

Uso de celular

Basicamente o uso do celular associado ao volante sobrecarrega o sistema sensorial, aumentando o tempo de resposta a estímulos externos. Enviar mensagens enquanto dirige aumenta o risco de acidente em 6.1 vezes e fazer uma ligação diminui a atividade cerebral ligada à direção em 37%. Você monitora o uso de celular de seus motoristas? 

Uma pesquisa com cerca de 4 mil condutores descobriu que 93% dos motoristas reconhecem o risco do uso de celular enquanto dirigem, mas 63% garantem a mudança de hábito apenas no caso de sofrerem um acidente. Melhor não esperar que causem acidentes para conscientizá-los, certo?

Bebida alcoólica

Essa é uma época de festas, em que todos estão celebrando. É necessário alertar os motoristas sobre os imensos riscos de se dirigir alcoolizados. O uso do álcool é um dos maiores fatores de risco para a mortalidade e incapacidade de condutores, estando relacionado a cerca de 3,3 milhões de mortes a cada ano, em todo o mundo. 

Então não podemos deixar de esclarecer que qualquer quantidade de álcool ingerida, por mínima que seja, diminui os reflexos dos motoristas afetando diretamente suas condições de dirigir. Um estudo publicado na revista científica Addiction, descobriu que os motoristas que beberam, comparado aos motoristas sóbrios, estavam mais propensos a dirigir em alta velocidade, não usar cinto de segurança e conduzir o veículo perigosamente.

Os dados também mostraram que quanto maior a concentração de álcool no sangue, maior a velocidade média e a gravidade dos ferimentos causados pelo acidente. Informe a eles sobre as responsabilidades que possuem caso aconteça algo e eles tenham ingerido bebida alcoólica. Não é só a vida deles que está em risco, mas também a de terceiros que trafegam com eles nas estradas.

Direção defensiva

No carnaval, com certeza seus motoristas irão trafegar com condutores menos experientes de estrada, não tão acostumados a viajar se comparados aos motoristas de sua frota. Aqui temos um ponto de atenção: esses viajantes podem não entender muito bem as limitações e o comportamento de um veículo pesado, por exemplo. Por isso, é essencial reforçar aos seus motoristas que devem redobrar a atenção nessa época, adotando uma postura defensiva, tentando prever e evitar possíveis acidentes.

Podemos perceber que esses quatro pontos principais de atenção são extremamente relacionados ao comportamento dos condutores. E aqui temos uma dica para você, gestor de frota: há tecnologias que te auxiliam muito quando o assunto é segurança da sua frota e comportamento dos motoristas!

Com os sistemas de telemetria, videomonitoramento e sensor de fadiga por exemplo, você consegue alertar o motorista e central de monitoramento quando um desses comportamentos de risco acontecem, sendo as tratativas muito mais rápidas e eficazes.

Também é possível identificar com um ranking de motoristas aqueles que precisam passar por treinamentos e verificar se após as capacitações eles melhoraram na direção. As informações que os sistemas geram, permitem que sua gestão de frotas passe de ser menos reativa, para ser preventiva e até mesmo preditiva. 

Para lhe orientar quanto às melhores formas de tratar essas questões, indicamos a leitura dos seguintes materiais:

> eBook – Por que monitorar o comportamento dos motoristas?

> eBook – Riscos comportamentais que causam acidentes de trânsito.

E ainda separamos um material bônus – eBook: 3 ferramentas para alavancar a segurança de sua frota.