20 metas da gestão de frotas para 2020!

Postado em: Não categorizado

Após as retrospectivas e comemorações, entramos realmente em 2020! E para que seja um ano de fato novo e bom, trouxemos algumas dicas para te ajudar a atingir todas as metas traçadas para este ano. Desejamos que sua gestão de frotas comece com o pé direito sempre!

Quando falamos em planejamento para um novo ano, sempre lembramos de orçamentos, números, gráficos e…METAS! Então preparamos um artigo muito especial com 20 metas importantes a serem alcançadas em 2020

Nosso foco é trazer objetivos que ao serem atingidos, transformem sua operação – tornando-a cada vez mais segura, econômica e produtiva. E além da operação, trouxemos resoluções para uma pessoa essencial por trás de toda eficiente logística: você, gestor de frota. 

Acreditamos que a verdadeira gestão de frotas é uma relação mútua de transformar e aprimorar as operações, enquanto você também é transformado no processo.

É por isso que fizemos uma seleção de metas que podem ampliar seu potencial neste ano – reunimos inclusive ferramentas para facilitar e sistematizar o processo. Tudo isso, para você desenvolver sua operação, evoluindo ainda mais em sua jornada como gestor de frotas. 

Então vamos às 20 metas da gestão de frotas para 2020:

1. Prevenir acidentes na frota

Se prevenir acidentes de trânsito em sua frota nunca foi uma meta para sua gestão, então você precisa rever suas prioridades. Há consequências extremamente negativas após um acidente envolvendo um veículo da sua empresa, os impactos são econômicos, de reputação e principalmente sociais. Vamos deixar aqui apenas dois questionamentos para você refletir sobre:

  • O que pode ocorrer com uma criança que perde seus pais em um acidente de trânsito?
  • Qual o custo social de um homem que ficou deficiente, fato que irá afetar seu ajustamento familiar, social e profissional?    

Sabia que mais de 90% dos acidentes de trânsito são causados por falhas humanas? Ou seja, causas que poderiam ser evitadas com mudanças de comportamento dos motoristas. Faça da vida dos seus condutores uma prioridade em 2020.  

2. Reduzir o consumo de combustível

A redução do consumo de combustível deve ser buscada continuamente, pois representa um dos maiores custos da frota. Olhe para o comportamento dos motoristas, eles impactam diretamente no consumo de combustível – acelerações bruscas, RPM excessivo e permanecer muito tempo com o veículo parado e motor ligado aumentam de forma expressiva os gastos.

Uma dica! Trabalhe com a telemetria, ela te ajudará a enxergar esses comportamentos que estão aumentando os gastos com combustível e saber onde atuar para saná-los.

3. Ampliar o autoconhecimento

Invista tempo para se autoconhecer, busque identificar suas forças, fraquezas e, principalmente, o que você pode e quer realizar. Reflita: você é muito mais capaz de liderar outras pessoas, quando sabe se auto liderar. Se visa realmente aprimorar sua gestão de frotas, precisará começar a mudança a partir de você mesmo, uma vez que será modelo para sua equipe.

4. Planejar melhor as manutenções dos veículos

Trabalhar com manutenções preventivas e preditivas é sempre a melhor opção! Há sistemas que permitem você cadastrar uma manutenção programada de horímetro, é só definir o intervalo entre as manutenções e quanto tempo antes você deseja receber um alerta para lembrá-lo da programação. Muito bom não é?

5. Fazer as priorizações corretas na operação

Saber priorizar onde e em que atuar, é primordial para uma gestão de frotas eficaz. Ter um sistema de telemetria que trabalhe com quadro de ocorrências deixa sua operação muito mais eficaz, pois a própria tecnologia – de acordo com os parâmetros que você define – te mostra facilmente os eventos que devem ser tratados com prioridade.

O sistema mostrará de forma visual uma série de eventos de um mesmo condutor como ocorrência, esta deve priorizada nas tratativas apresentadas em um painel de workflow, podendo direcioná-las aos devidos responsáveis, possibilitando também, um acompanhamento fácil da resolução das mesmas. 

Quer saber mais sobre essa funcionalidade do Quadro de Ocorrências e outras soluções? Preencha o formulário e um de nossos especialistas entrará em contato:

6. Ser mais intencional

Relembre ou descubra qual é o seu propósito pessoal e profissional, aquilo que realmente faz sentido para você. Talvez ele tenha se alterado ao longo do tempo desde quando começou sua profissão, assim, ter clareza dessa evolução e do porquê você faz o que faz hoje, amplia sua capacidade de ser resiliente quando os desafios deste novo ano chegarem. Uma dica! Preste atenção nas ações que te deixam extremamente motivado e no ápice das suas habilidades, elas são o caminho para você realizar feitos extraordinários como pessoa e profissional.

7. Ter ferramentas para gestão em tempo real

Trabalhar com ferramentas que gerem informações em tempo real sobre a sua frota traz muito mais efetividade para sua gestão. Imagine um condutor que usa o celular enquanto dirige, com certeza a eficiência de uma ação de correção aplicada no momento em que a infração ocorre é muito maior que após alguns dias, quando o motorista retorna à empresa e muitas vezes nem lembra do ocorrido. 

8. Cuidar bem dos motoristas

Busque que os motoristas de sua empresa compreendam o papel importante que possuem para garantir a economia e segurança de toda a operação. Faça ações que os mostrem e conscientizem sobre como o comportamento deles em direção impacta nos resultados. 

Há softwares que geram rankings de motoristas em que é possível ver de forma simples e rápida, quais são os melhores e piores condutores – sabendo quem bonificar ou quem precisa passar por um treinamento por exemplo.

Olhe para os condutores com empatia e conhecimento para ajudá-los! Podemos destacar um bom exemplo: uma empresa, ao perceber que um de seus motoristas apresentava muitos eventos de fadiga em direção, o chamou para conversar, passou por um especialista do sono e descobriram que pelo seu cronotipo, ele deveria fazer escala em um turno diferente. O problema foi solucionado, sem ser necessária uma demissão.

9. Ter inteligência emocional

A rotina de um gestor de frotas pode ser muito estressante, então não se deixe levar, pois pode ser prejudicial para seu trabalho, equipe e sua própria saúde. Procure cultivar sua inteligência emocional despendendo a mesma energia com que busca conhecimento técnico. Destacamos que há cinco componentes importantes para se aprimorar diariamente na inteligência emocional: autoconhecimento, autocontrole, motivação, empatia e habilidades sociais. 

10. Fazer uma política de frota

A política de frotas é fundamental para uma boa gestão e quando bem estruturada, respalda a cobrança sobre seus colaboradores em relação à utilização correta dos veículos e no cumprimento dos procedimentos estabelecidos referentes às multas, manutenções, caronas, pedágios, abastecimentos, acidentes, entre outros aspectos. Embasando-se assim, ações que podem reduzir custos e eventuais questões trabalhistas.

Ela auxilia não somente no cumprimento de regras, como também na construção da cultura organizacional, fator imprescindível na manutenção e aprimoramento de qualquer modelo de gestão mais desenvolvido.

Preparamos um Guia para te ajudar a montar sua Política de Frotas. Clique aqui e baixe gratuitamente.

11. Monitorar comportamentos de risco dos motoristas

O processo de gerir uma frota inclui muito mais do que planejar a operação e cuidar da manutenção dos veículos. É necessário dispender atenção à sua equipe de motoristas e checar se as atividades desempenhadas por eles estão de acordo com os padrões de segurança e eficiência da empresa para que condutas irregulares ou atitudes inadequadas ao volante não gerem problemas e prejuízos para a empresa.

Existem diversas soluções que auxiliam o gestor na missão de monitorar e atuar sobre o comportamento do motorista no trânsito. Dentre elas destacamos 3 ferramentas muito especiais para auxiliar sua gestão: a telemetria, videomonitoramento e sensor de fadiga. 

Essas soluções trazem informações confiáveis para se trabalhar, alertas em tempo real à central e aos motoristas no que se refere a comportamentos de risco, ranking de condutores, vídeos das infrações, e muito mais! 

12. Adquirir flexibilidade

Para lidar com certas incertezas normais de toda gestão de frotas, a flexibilidade é fundamental. Esta habilidade te capacita a lidar bem diante de uma situação nova e desafiadora, mudar, se reinventar, saber ler o que está acontecendo a sua volta e aprender as respostas certas – ser flexível também é transformação.

13. Investir em soluções para auditorias de acidentes

Sabemos que a primeira meta é prevenir acidentes, mas você precisa estar preparado para agir caso infelizmente um aconteça. Assim, ter soluções que gerem informações confiáveis e o respalde nas tomadas de decisão é essencial. Neste aspecto a solução de videomonitoramento pode ser uma grande aliada, pois traz evidências em vídeo do que realmente aconteceu e as devidas responsabilidades das causas do acidente.

14. Ter uma gestão de frotas preditiva

Hoje a gestão de frotas não pode mais agir de forma reativa, esperando que algo aconteça, para então tomar iniciativas para mudanças necessárias. É preciso atuar de maneira preventiva, se antecipando ao que pode vir a acontecer. 

E há uma forma ainda melhor que é a predição! Em que a tecnologia, processos e dados confiáveis permitem ao gestor, prever possíveis gastos desnecessários e acidentes que poderiam vir a acontecer e já atuar efetivamente na causa raiz deles, se antecipando ainda mais e obtendo resultados melhores e mais rápidos.  

15. Aprimorar a gestão do tempo

A rotina corrida faz parecer que cada vez temos menos tempo. Mas encontrar espaços na agenda para trabalhar sem interrupções e se dividir entre a família, o trabalho e suas paixões é fundamental. Outro ponto é saber lidar com a diferença entre o que é importante e urgente, não deixe que os incêndios de todo dia o impeça de olhar para o que realmente é estratégico. Pare de estar ocupado e comece a ser produtivo, tenha o tempo como o seu melhor recurso.

16. Tomar decisões de forma embasada e segura

Um ponto importante para o gestor de frota é saber quais dados precisa obter para melhor rendimento da sua operação. O diferencial está na interpretação e geração de informações que realmente importam.

Dica: consolidar todos os dados em um único software de gestão de frotas possibilita um olhar panorâmico das operações com relatórios atualizados e a poucos cliques, agilizando assim as tomadas de decisões e aprimorando a visão gerencial. 

Com informações integradas fica mais simples mensurar os resultados das ações desempenhadas, tomando decisões mais seguras e fundamentadas em informações precisas, permitindo também, um planejamento de ações futuras muito mais estratégico.

17. Trazer inovação e tecnologia para gestão

Em meio a tantas mudanças que tem acontecido no mercado, é preciso sempre inovar em processos e soluções. O acompanhamento das principais tendências e soluções corporativas, envolvendo a empresa em todos os aspectos com treinamentos, capacitações e tecnologias que ajudem a suprir e antecipar as demandas é fundamental.

18. Ser mais resiliente

Muitos resultados não serão atingidos imediatamente, então mantenha-se firme naquilo que almeja alcançar. Lembramos a importância de se manter as motivações, esforços e foco ao longo do ano. Se há motivos para comemorar, é porque também houveram erros durante a caminhada que propiciaram o aprimoramento de sua gestão de frotas – essa máxima sempre continua.

19. Cuidar dos laços

Crie um ambiente mais flexível e agradável de trabalho, hoje o salário buscado não é somente monetário, mas sim a realização profissional como um todo. Você tem uma equipe muito eficiente de colaboradores? Então os valorize. Aproveite o início do ano e escale uma reunião para mostrar como as operações evoluíram e agradeça a todos que fizeram parte desse crescimento.

Em sua gestão de frotas busque ser presente, e também exigente. Peça mais informações e detalhes sobre a experiência e visão estratégica de sua equipe, monitore suas operações de perto. Converse com eles sobre as entregas que foram feitas em 2019 e sobre as prioridades que têm em mente para 2020. É importante conhecer e estreitar a relação com seus colaboradores, de forma que sua estratégia de liderança esteja alinhada com as reais necessidades da equipe e operação.

20. Fazer a diferença

Por fim, questione o seu papel como agente de transformação. Troque as reclamações por uma reflexão mais profunda sobre o impacto que você tem em sua equipe, clientes, fornecedores e por onde sua frota alcança. A Veltec tem o propósito de salvar vidas no trânsito dando o melhor em nosso trabalho e soluções. Já pensou o quanto você, em sua gestão de frotas pode contribuir para este propósito? Você e sua equipe são essenciais para fazer a diferença por um trânsito mais seguro e humano, pense nisso!

Esperamos ter ajudado nesse artigo e aproveitamos para desejar um ano de fato novo. Agora é hora de dar o start! Um objetivo sem um plano não é mais que um desejo, então reflita, planeje e aja. Pegamos emprestadas as palavras de Drummond para finalizar este post: “Para ganhar um Ano Novo que mereça este nome, você, meu caro, tem de merecê-lo. É dentro de você que o Ano Novo cochila e espera desde sempre”.